O Atemi

” Já ouvi muita gente dizer que, no Aikidô, não existe golpe ou socos. Como poderia isso ser verdade se o Aikidô é uma arte marcial? O valor supremo do treinamento reside na compreensão e transcedência das reações agressivas em face da pressão oriunda de sua aplicação marcial. Se não houver aplicação marcial, não haverá conflito. Se não houver conflito, não haverá realidade e não chegaremos a compreender a harmonia. Muitas vezes as pessoas se confudem e praticam Aikidô como se fosse um caminho fácil. Longe disso o Aikidô não é uma “via larga”.

O atemiwaza (técnica de golpes) do Aikidô não se parece com o soco direito do Karatê. Seu objetivo não é matar ou destruir, mas distrair e confundir, no aguardo do momento de recuperar a vantagem. Trata-se de um recurso que, sem ser um fim em si mesmo, pode ser empregado para melhor entender o movimento do Aikidô, pois ele ensina a conhecer as brechas e a desenvolver posteriormente uma reação espontânea. A técnica do atemiwaza pode ser criada para criar a brecha necessária no oponente ou cobrir a própria. Ela nos ensina a continuar atentos à reação e situação do parceiro durante todo o processo de execução.(…)”

SAOTOME, Mitsugi. Aikido e a Harmonia da Natureza. Ed. Pensamento. São Paulo, 2005, p. 282/283.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: