O Aikido e o Estudo dos Princípios Fundamentais

“Se você seguir os princípios fundamentais do Aikido, conseguirá se defender.

(…)

O fato de alguém aprender apenas técnicas básicas não significa que tenha atingido ou compreendido o riai (princípios fundamentais). Na verdade, discussões do tipo, o “kotegaeshi funciona se você fizer assim ou o nikajo é mais dolorido se fizer desse jeito”, embora invariavelmente interessem aos alunos, na realidade não têm muita relevância.

(…)

Se nossos movimentos forem consistentes como o riai, nossa dependência das técnicas individuais desaparecerá naturalmente. Com isso não importa que movimentos que nosso oponente faça, conseguiremos nos adaptar a eles e enfrentá-los.”

Gozo Shioda, no livro Aikido Shugyo – Harmonia no Confronto. Ed. Pensamento, São Paulo, 2010, p. 31-32.

Anúncios

4 responses to this post.

  1. Posted by Israel Félix on 9 de outubro de 2011 at 21:10

    Ribamar, isso é bem percepitivo ao passar do tempo.Quando treinamos com sinceridade percebemos essas mudanças acontecerem de forma gradual e constante.
    Dificil é treinar com sinceridade durante muito tempo, mas é um caminho a ser buscado também.
    É bom ter textos como esse para nós lembrar do caminho e de como devemos treinar.

    Abração

    Responder

  2. Disse Shioda Sensei: “Se você seguir os princípios fundamentais do Aikido, conseguirá se defender”. Assim, entendendo e praticando o “Ai” (Harmonia)… princípio mais que fundamental do Aikido…, se você está em harmonia o conflito não chega a você pois a defesa já está instalada.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: