Durante o treinamento, até que ponto devemos resistir?

P. Durante o treinamento de Aikido, até que ponto devemos resistir a execução de uma técnica? Se resistirmos muito fica difícil para o nosso parceiro treinar; se não resistirmos nem um pouco, o que isso pode significar?

R. Não devemos resistir demais. Muitas artes marciais não concordam com essa postura, mas não é uma questão de executar passivamente as técnicas. É uma questão de cooperação, e trabalhando com o parceiro você aprende a avaliar e aplicar a quantidade de pressão (e resistência) necessária. Esse é um treinamento eficiente.

Aqui está uma ilustração da eficiência do treinamento do Aikido. O lutador de luta livre Ichiro Yata uma vez visitou o nosso dojo. Yata, que tinha participado dos jogos olímpicos de Los Angeles em 1932 e sido presidente da All-Japan Amateur Wrestling Association, estava em boa forma e era um lutador experiente, mas ficou completamente imobilizado quando a chava de nikyo foi aplicada em seu pulso. Como ele não tinha nenhum tipo de treinamento em Aikido, não conseguiu resistir apesar de toda a sua força e condicionamento físico. O Aikido parece fácil, mas quando você começa a praticar você percebe o quanto é necessário treinar para aplicar uma técnica firme e poderosa.

Se acha que numa situação real, não adianta nada harmonizar os seus movimentos com o do parceiro,e que, ao resistir, você torna a técnica mais realista, isso é sinal que você não está tomando conhecimento das características essenciais do Aikido.

No livro O melhor do Aikido – Os Fundamentos

Perguntas e respostas sobre o Aikido, p. 17.

Kisshomaru Ueshiba e Moriteru Ueshiba

Anúncios

4 responses to this post.

  1. Por vezes alguns colegas de treino resistem ao extremo e desta forma só podemos esperar duas coisas: Contusão e ineficiência técnica.

    Responder

  2. Esse é mais um detalhe em meio a tantos outros, no qual acho bastante difícil de aprender e de transmitir. Mas sempre que iniciarmos nosso treinamento, devemos estar com ele em mente.

    Abraço.

    Responder

  3. É um assunto bem complexo, mas notei claramente que quanto maior for a resistência mais contundente e eficaz será a técnica. A resistência do uke, durante a aplicação de um waza (projeção / imobilização), nos ajuda e muito, em percebermos a realidade e a eficácia da arte, sem passarmos dos limites é lógico ! Treino muito esse tipo de forma com os meus alunos aqui no Dojo, e os resultados tem sido muito satisfatórios.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: